23 C
Parnamirim
24 de maio de 2024
Notícias RecentesRio Grande do NorteServiçosÚltimas Notícias

Circuito Gastronômico fortalece interiorização do turismo na região do Seridó

O 1º Circuito Gastronômico Sabores da Serra objetiva promover a interiorização do turismo na região antes mesmo do inverno, que já tem festival próprio - Foto: Raiane Miranda.
O 1º Circuito Gastronômico Sabores da Serra objetiva promover a interiorização do turismo na região antes mesmo do inverno, que já tem festival próprio - Foto: Raiane Miranda.

Através do incentivo da Lei Câmara Cascudo, o Rio Grande do Norte apoia o 1º Circuito Gastronômico Sabores da Serra, lançado oficialmente nesta quinta-feira (21), no Complexo Cultural da Rampa, no bairro de Santos Reis, zona leste de Natal. O lançamento com presença da governadora Fátima Bezerra, prefeitos da região serrana e gestores da área da cultura e do turismo e teve como destaque degustação da gastronomia da região seridoense, exposições de obras de arte e apresentações musicais.

O 1º Circuito Gastronômico Sabores da Serra ocorre em Cerro Corá (RN) nos dias 3 e 4 de maio, e além da cidade sede, envolve mais dois municípios do Seridó potiguar: Lagoa Nova e Tenente Laurentino.

O 1º Circuito Gastronômico Sabores da Serra é realizado pelas prefeituras da região, com patrocínio de empresas privadas através de recursos captados pela Lei Câmara Cascudo, do governo do estado. No total, foram investidos R$ 166 mil reais pela lei, através da Fundação José Augusto.

A ideia do circuito é promover a interiorização do turismo na região antes mesmo do inverno, que já tem festival próprio e consagrado, o Festival de Inverno de Cerro Corá, que completa 20 anos em agosto. Cerro Corá é conhecida como a “Suíça do Seridó” por seu clima ameno e aconchegante.

“Nós não temos só a beleza da capital, que é linda, inclusive desse espaço aqui, com o pôr do sol mais bonito das Américas. Ou a beleza da nossa costa, com mais de 400 quilômetros de litoral, haja vista nossos destinos turísticos como Pipa ou São Miguel do Gostoso”, fala a governadora. “Mas nosso turismo não é somente sol e mar, também é sertão e serra, nós temos belas paisagens pelo estado afora”, finaliza Fátima Bezerra, ressaltando a importância da interiorização do turismo e a promoção da cultura do Rio Grande do Norte.

“A gastronomia é o reflexo da nossa cultura, de quem a gente é, de onde a gente veio. Algumas comidas nos trazem afetos, a gente lembra de uma avó, de uma tia, de uma fase de nossa vida. Um evento como esse nos traz memórias. Também teremos a oportunidade de sair um pouco do calor e ir para o frio da serra”, afirma Mary Land Brito, secretária extraordinária de Cultura do estado.

“Esse segmento novo da cultura, que é a gastronomia, no caso a gastronomia da serra, que é própria da região do Seridó, tem o apoio das leis de fomento para que possa de fato se estabelecer”, diz Gilson Matias, diretor geral da Fundação José Augusto.

Gilson lembra que para o norte rio-grandense da região do Semiárido trabalhar com o leite tem um valor histórico. “Tudo isso acontece devido a um decreto real que determinava a proibição da criação de gado no litoral [onde se iniciava o cultivo da cana de açúcar], e esse gado foi para a região do Semiárido. Eles souberam manusear muito bem a cultura do gado e do leite. E aí os melhores queijos e outras especiarias se encontram no Seridó”, diz.

A Lei Câmara Cascudo foi criada em 1999 por proposição da então deputada estadual Fátima Bezerra. A norma foi instituída para estimular o desenvolvimento cultural no Rio Grande do Norte e constitui na renúncia fiscal do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) pelas empresas patrocinadoras de projetos culturais. Somente em 2023, o governo do estado investiu cerca de R$ 20 milhões através da lei. O evento tem patrocínio das empresas Agaé e Grupo Unimetais, além do apoio do SEBRAE-RN e do Geoparque Seridó.

Também estiveram presentes o prefeito de Cerro Corá, Raimundo Marcelino Borges (Novinho); o prefeito de Tenente Laurentino, Inácio Macedo; a secretária estadual do Turismo, Solange Portela; João Hélio, diretor do SEBRAE-RN; Marcos Nascimento, coordenador científico do Geoparque Seridó; João Marcelo, que representa o turismo e a Associação do Turismo e Eventos da Serra de Santana; os deputados estaduais Ubaldo Fernandes e Luiz Eduardo; e demais autoridades e gestores das áreas de cultura e turismo.

Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Notícias relacionadas

Prefeitura de Parnamirim lança programação oficial do Carnaval 2024

Portal Online Parnamirim

Moraes dá 48 horas para Bolsonaro explicar visita à embaixada húngara

Portal Online Parnamirim

Artesanato Parnamirinense encanta visitantes da 29ª FIART

Portal Online Parnamirim